Ministro da Cultura visita Ammaia

A Ammaia recebeu hoje, dia 3 de Fevereiro, a visita do Ministro da Cultura Dr. João Soares.
O Ministro pôde testemunhar e conhecer o projecto que a Fundação Cidade de Ammaia tem a decorrer há mais de 20 anos na salvaguarda, na protecção, no estudo e na valorização das ruínas desta importante Cidade Romana.
O Ministro visitou o Museu, parte das ruínas onde se situa a Porta Sul e o Laboratório de Conservação e Restauro.
Carlos Melancia, Presidente da Fundação, descreveu o trabalho realizado ao longo dos anos em prol do conhecimento e da defesa deste importante espólio que é a Ammaia e o Ministro João Soares enalteceu o bom trabalho realizado em prol da cultura, levado a cabo por esta instituição de serviço público e sem fins lucrativos, na gestão de um monumento classificado como monumento nacional desde 1949. Realçou ainda a enorme estima e consideração pessoal que sempre teve pelo Engº Carlos Melancia e a admiração pelo trabalho que tem desenvolvido ao longo dos anos ao serviço do Estado.
A visita foi guiada pelo Professor Carlos Fabião, Professor da Universidade de Lisboa e responsável científico da Ammaia.
O Ministro visitou ainda os Olhos d’Água, propriedade do Ministério da Ambiente para o qual a Fundação juntamente com o Município de Marvão e o Maestro Christoph Poppen, responsável pelo Festival Internacional de Música de Marvão, apresentaram já um anteprojecto para o aproveitamento e a rentabilização progressiva daquele espaço abandonado pelo Parque Natural da Serra de São Mamede há 3 anos com elevados riscos de degradação. Esta iniciativa tem como objectivo transformar o espaço num projecto estruturante para as áreas da música, artes e ciência, recuperando simultaneamente a Quinta dos Olhos d’Água novamente para o concelho de Marvão.
Esta visita contou ainda com as presenças da Directora Geral do Património Cultural, Arqª Paula Silva, da Directora Regional da Cultura do Alentejo, Dra. Ana Paula Amendoeira, além do Presidente da Região de Turismo do Alentejo e Ribatejo, Dr. António Ceia da Silva, e do executivo autárquico de Marvão, representado pelo seu Presidente Engº Vitor Frutuoso e pelos Vereadores Dr. José Manuel Pires e Engº Luís Vitorino.
Em representação da Fundação Cidade de Ammaia, para além do seu Presidente, estiveram presentes os representantes dos Curadores Universidade de Évora o Professor Jorge Araújo e da Universidade de Lisboa o Professor Paulo Farmhouse Alberto.
Finalmente o Ministro, Dr. João Soares, foi depois recebido pelo Presidente do Município, na sede do concelho, para tomar conhecimento do estado da candidatura do Castelo de Marvão a património da UNESCO.

Mercurio Augusto

No verão de 2014, no decorrer das escavações da escola de verão, foi descoberto na Ammaia o Pedestal consagrado a Mercurio Augusto.

Num trabalho prévio de conservação e restauro, o Laboratório de Conservação e Restauro da Fundação Cidade de Ammaia, preparou a peça para que passasse a estar exposta no Museu.

Neste pequeno video mostramos parte dos trabalhos realizados em laboratório.

 

A peça está desde Setembro de 2014 no Museu Cidade de Ammaia e é uma das mais importantes peças do nosso espólio.

 

Há 83 anos Ammaia era notícia!

O Jornal o Século, no dia 29 de Março de 1932, publicava esta notícia sobre uma das epigrafes encontrada nos terrenos que hoje fazem parte da Fundação Cidade de Ammaia.

A partir desta data a Ammaia foi definitivamente localizada na Freguesia de São Salvador de Aramenha, desfazendo o equívoco de que se localizaria na actual cidade de Portalegre.

Imagem da inscrição e recorte do jornal com a notícia, onde se pode ler claramente a transcrição da mensagem.

Ammaia - Noticia O Século 29-03-1932 Ins. 01a

Ammaia: In Patrimonium Premium

Realizou-se hoje, na Fundação Cidade de Ammaia, uma ação de formação para implementação da base de dados In Patrimonium Premium. Esta ação foi dirigida pelo Dr. Fernando Cabral da empresa Sistemas do Futuro que desenvolveu este programa. Participaram nesta formação os técnicos da Fundação Ammaia e do Laboratório Hércules da Universidade de Évora.

Futuramente o In Patrimonium Premium facilitará a gestão e interligação da informação dos materiais arqueológicos recolhidos na Ammaia, nas suas mais variadas fases de estudo e conservação, bem como os objetos expostos no museu, integrando o inventário da instituição com a gestão global deste património e de todos os processos com ele relacionados. Com esta nova base pretende-se facilitar a procura de informação e a divulgação do património móvel e imóvel da Cidade Romana de Ammaia.

https://www.facebook.com/sistemasdofuturo?pnref=about.work

https://www.facebook.com/laboratorioHERCULES?fref=ts

DSC_0240 DSC_0243

sistemas do futuro Cidade de Ammaia

FIMM na Ammaia

No âmbito da programação cultural que a Fundação Ammaia pretende voltar a introduzir no seu espaço a partir deste ano de 2015, a Cidade Romana recebe a 25 de Julho e a 1 de Agosto dois concertos integrados na programação do FIMM – Festival Internacional de Música de Marvão.

Dia 25 de Julho, Estágio da Orquestra Gulbenkian com a maestrina Joana Carneiro.

Dia 1 de Agosto, Carlos do Carmo acompanhado pela Orquestra Clássica do Sul com o maestro Cesário Costa.

O Festival Internacional de Música de Marvão decorre de 24 de Julho a 2 de Agosto e os concertos, para além dos que decorrem na Ammaia, espalham-se por diversos locais e monumentos da vila de Marvão.

O programa completo do FIMM pode ser consultado na página oficial em www.marvaomusic.com

A restante programação cultural da Cidade Romana de Ammaia pode ir sendo consultada no nosso site, no nosso blog e nas nossas páginas nas redes sociais.

cover_site_FIMM Ammaia-05

Visita da Escola Secundária Mouzinho da Silveira

A Ammaia recebeu no passado dia 28 a visita da Escola Secundária Mouzinho da Silveira do Agrupamento de Escolas do Bonfim. Esta visita decorreu no âmbito da parceria criada com o projeto Descartes, envolvendo a Fundação Ammaia, o Laboratório Hércules da Universidade de Évora e a Escola Secundária Mouzinho da Silveira que, ao participar num intercâmbio europeu, recebeu um grupo de professores e alunos alemães e holandeses.
A equipa do Laboratório Hércules, liderada pelo Professor António Candeias, esteve presente para fazer a demonstração de espectrometria de fluorescência de raio-x, através de um equipamento portátil que dá a conhecer o potencial desta técnica. Este método permite, através da análise pontual, determinar a composição elementar quantitativa da peça em estudo. Todas estas técnicas têm vindo a ser utilizadas no desenvolvimento e no estudo dos materiais no Laboratório de Conservação e Restauro da Cidade Romana de Ammaia.

DSC_0078 DSC_0089DSC_0090  DSC_0092 DSC_0093jarrodevidroammaia

Pedestal a Mercúrio Augusto

A Cidade Romana de Ammaia tem sido objecto, nas últimas décadas, de trabalhos arqueológicos que puseram em evidência a sua dimensão e a sua importância. Ao longo deste Verão têm decorrido escavações promovidas pela Fundação Cidade de Ammaia, que integram as Universidades de Lisboa e de Évora e o Município de Marvão, centradas na área do já bem conhecido templo situado na praça pública da cidade.

Os trabalhos tinham já posto a descoberto alguns elementos essenciais para compreender melhor o podium, a estrutura em que assentava o templo. Recentemente, numa área onde o processo de espoliação antiga do edifício parece ter sido menos eficaz, identificou-se uma base de uma estátua dedicada a Mercúrio Augusto. Trata-se de um pedestal em mármore de muito boa qualidade, com vestígios de implantação de uma imagem que deveria corresponder à própria divindade, elemento que mostra bem uma faceta essencial da religiosidade oficial do mundo romano, fazendo-se uma dedicatória a uma divindade augusta, isto é, associada ao próprio imperador no âmbito do culto que lhe é dirigido. Embora se saiba que as praças públicas das cidades romanas exibiam este tipo de elementos é muito raro o seu aparecimento em contexto de escavação, circunstância que confere um particular significado a este achado.

A importância desta peça, e o merecido destaque que a partir de agora terá no museu, leva a que este pedestal seja oficialmente apresentado ao público no próximo dia 27 pelas 11 horas, enquanto decorrem as celebrações das Jornadas Europeias do Património. A cerimónia contará com a presença de diversas individualidades do mundo académico e arqueológico ligadas às instituições parceiras da Fundação, de representantes do Município de Marvão e de instituições locais, para além da equipa de escavação.

PedestalMercurioAugusto(1) PedestalMercurioAugusto(2)

Press Release Ammaia 24-09-2014_Page_1 Press Release Ammaia 24-09-2014_Page_2